Rk Motors
0
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
Um carro é como uma família: precisa de nossa atenção o tempo todo e também implica em despesas inesperadas e urgentes. Conheça 6 cuidados para economizar.

Manutenção do carro: 6 cuidados para você economizar

Publicado em 07/06/2021, por RK Motors

Um carro é como uma família: precisa de nossa atenção o tempo todo e também implica em despesas inesperadas e urgentes. Conheça 6 cuidados para economizar.

manutenção do carro rk motors

Ter um carro não é apenas sair e se divertir por aí. Exige muita responsabilidade por parte do proprietário, tanto na hora de conduzir, como na hora de zelar pelo bem.

 

Assim, ter um carro não é apenas pagar as contas como seguro e IPVA e achar que o mesmo - por ser um 0km, não precisa de mais nada (se for usado exige um cuidado redobrado). Também não adianta investir em personalização, decalques, acessórios, se não tiver o mínimo de cuidado com o veículo. Ao menor descuido, surgirão problemas que se não forem resolvidos de forma correta, certamente implicará em mais gastos e menos diversão. Mais dores de cabeça do que prazer.

 

Por isso todo cuidado é pouco e a gente resolveu elencar alguns cuidados para você economizar ao máximo com seu carro, sem surpresas.

 

6 cuidados para você economizar com a manutenção do carro

 

Manutenção preventiva

 

Há quem ache desnecessário uma manutenção frequente no carro. Geralmente, a revisão deve ser feita a cada 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados, dependendo de qual marca for atingida primeiro.

 

Trata-se de um cuidado importante, porque ajuda a zelar por cada componente do motor e verificar se alguma peça não está tendo desgaste. Isso previne o risco de o condutor sofrer um acidente durante um percurso ou ainda, diminui as chances de uma manutenção corretiva, que pode ser até 10 vezes mais cara que a preventiva.

 

Tanto um risco como o outro é que são desnecessários, não concorda? Então, fique atento às marcas que seu carro alcança e corra levá-lo a uma autorizada competente.

 

Faça o Balanceamento

 

Este item é importante, principalmente se você sentir que a carroceria ou o volante vibra muito durante o trajeto. Isso é sinal de que as rodas necessitam de um balanceamento urgente. Isso é mais comum de ocorrer a cada 10 mil quilômetros rodados.  

 

Trata-se do equilíbrio de massa entre o pneu e a roda. E como é feito esse balanceamento? O procedimento consiste em adicionar contrapesos que possam compensar qualquer diferença dessa massa e portanto, sejam a causa dessa vibração. 

 

E qual o risco que se corre se o balanceamento não for feito?

O menor de todos é a quebra de alguma peça importante - e cara, no seu carro. Isso porque sem o balanceamento, as rodas ficarão desregulares e com a instabilidade do veículo, as peças ficam mais suscetíveis a quebrarem ou no pior dos cenários, ocorrer um grave acidente na estrada.

 

Por isso é de suma importância verificar o balanceamento das rodas a cada 10 mil km rodados ou à menor vibração estranha que sentir no carro.

 

Alinhamento das rodas

 

Não, não é a mesma coisa que balancear. Alinhar as rodas é manter a posição das mesmas conforme a recomendação do fabricante. Se uma delas estiver fora de linha com relação às outras, os riscos de acidente ou prejuízo são grandes.

 

Ocorre que diariamente, a suspensão do veículo sofre impactos em razão dos desníveis e falhas do asfalto. São buracos, lombadas ou ainda, manobras mal executadas por parte do condutor e que acabam também forçando as rodas.

 

Desta forma, se o carro fica mal alinhado, isso pode gerar má distribuição de forças na direção do veículo, o que também sobrecarrega peças. Sem contar que a condução do motorista fica afetada, visto que o mesmo dependerá de muita força no braço para controlar o carro e “puxar” a direção para o lado desejado - e mais seguro.

 

Ou seja, o risco de um acidente é alto - sem contar o alto custo no mecânico que pode pegar o proprietário de surpresa.

 

Por isso, alinhar as rodas do carro é uma forma de proteger o veículo e o motorista, sendo parte importante da manutenção preventiva.

 

Regulagem da pressão dos pneus

 

Uma coisa básica, simples e sem custo que pode ser feita em qualquer posto de gasolina. Basta levar o carro para “calibrar” o ar dos pneus. E se precisar de ajuda, qualquer frentista ainda pode te dar uma mãozinha. Atenção quanto à medida certa que cada pneu deve receber de ar. Essa informação geralmente consta no manual do proprietário do carro.

 

A calibragem dos pneus pode ajudar ao motorista a economizar combustível e evitar gastos com manutenção das rodas, que são mais suscetíveis a problemas caso não estejam devidamente calibrados. A calibragem deve ser feita ao menos uma vez a cada 15 dias.
 

Cheque sempre o nível de óleo

 

Se você não deseja ter problemas com qualquer componente do motor, é bom adotar o hábito de checar o nível de óleo do motor pelo menos uma vez ao mês. É o óleo que mantém os componentes do motor lubrificados, evitando que haja algum desgaste de qualquer parte ou ainda um superaquecimento.

 

O óleo é importante também porque ajuda o carro a manter uma boa performance, sem gastar muito combustível.

 

Portanto, quando chegar o momento - geralmente a cada 5 mil quilômetros rodados -  ou caso o nível tenha baixado, ou ainda, se o óleo estiver com uma cor muito escura, fique atento: é melhor trocá-lo.

 

E quanto ao óleo da caixa de câmbio?

Em carros automáticos, a orientação de especialistas é a troca de óleo da caixa de câmbio a cada 40 mil ou 60 mil quilômetros rodados. Já os carros com caixa de câmbio manual não precisam efetivar a troca de óleo.

 

Cuidado com as lâmpadas

 

Embora alguns motoristas não deem importância para uma lanterna quebrada, as lanternas do carro precisam funcionar perfeitamente, pois além de prevenir um acidente, ainda ajudam a evitar uma multa bem “salgada”.
 
 
E não à toa. Os faróis do carro servem tanto para iluminar a visão do motorista na pista, quanto para alertar também a outros condutores ao redor. Portanto, consertar a lanterna quebrada é fundamental para preservar a segurança do condutor e de quem mais estiver junto dele.
 
 
Estes são seis cuidados para você economizar com a manutenção do carro, sempre que possível, para evitar danos e até maiores agravados a vida de quem você ama. Fique atento e não poupe na hora de zelar por um bem que você tanto lutou para ter.
 

Vídeo





LEIA MAIS: