Rk Motors
0
0
0
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
Descubra como escolher sua moto usada até R$ 5 mil para comprar em 2021.

Motos usadas até R$ 5 mil em 2021: Qual escolher?

Publicado em 20/09/2021, por RK Motors

Descubra como escolher sua moto usada até R$ 5 mil para comprar em 2021.

 

Ter um carro é um sonho de consumo para muitas pessoas no Brasil. Porém, com os altos custos de manutenção, além do elevado preço da gasolina, muitas pessoas têm optado por escolher a compra de uma moto como meio de locomoção nas grandes cidades.

 

Neste artigo, a RK Motors te mostra como escolher sua moto usada até R$ 5 mil em 2021.

 

Acredite, existem muitas opções com ótimo custo-benefício que pode passar despercebidas pelos olhares desatentos de muitos consumidores!

 

 Suzuki Burgman AN 125 2010 – R$ 4.150,00

Suzuki Burgman AN 125 2010

 

A Suzuki Burman 125 foi um dos primeiros scooters a entrar no gosto popular do brasileiro. Sua motorização de 125cm³ popularizou a categoria ao trazer uma motocicleta pequena e econômica, caindo bem na locomoção diária nas grandes cidades do país.

 

O modelo chegou ao mercado brasileiro em 2006, ficando em venda até 2010. Posteriormente passou a ser substituída por modelos como a Elite 125 e a Neo.

 

Os pontos a favor do modelo são a praticidade no uso, o compartilhamento de assento para mais um passageiro e seu câmbio automático. Seu compartimento para capacete sob o assento também deu motivo para seu destaque no mercado.

 

Os contras a serem mencionados sobre a Burgman é sobre o alto consumo para a categoria. Os testes feitos pelas principais revistas de avaliação de motos do Brasil mostraram um consumo de 35km por litro de combustível. Um consumo relativamente alto comparado a outros modelos que podem facilmente chegar a 50km/l.

 

Honda Pop 110i 2016 – R$ 5.300,00

Honda Pop 110i 2016

 

Apesar do valor estar acima da média de R$ 5 mil reais da nossa lista, daremos bons motivos para justificar este excedente no preço.

 

A Pop 110i 2016 se tornou um diferencial na sua categoria. Com sua manutenção barata e seu consumo chegando a quase 50km por litro de gasolina, o modelo passou a ser uma moto bastante valorizada no mercado. Mesmo com seu valor na casa dos 5 mil reais, é possível encontrar motos do mesmo modelo a preços que chegam a R$ 7.600 reais em site de usados!

 

Este é um dos poucos modelos que estão sempre valorizados no mercado, pois, diferente da Pop100, ela já conta com injeção eletrônica e um visual um pouco mais arrojado. Além disso, o modelo 110i chega a ser ainda mais econômica do que seu modelo mais simples.

 

Seus pontos fortes são a economia de combustível, o baixo custo de manutenção e a valorização do seu preço no mercado, mesmo com cinco anos de uso. Por outro lado, seus contras são o alto valor em relação a modelos semelhantes (mesmo justificado com seus pontos positivos) e seu painel de instrumentos que deixa a desejar, o qual poderia ter um design um pouco mais tecnológico para justificar seu diferencial de mercado.

 

Honda Bros ESD 150 2005 – R$ 4.900,00

Honda Bros ESD 150 2005

 

As motos trail costumam sempre custar mais do que os modelos street. Então, o jeito é recorrer a modelos mais antigos para chegar na casa dos R$ 5 mil e competir com os modelos da nossa lista.

 

A Honda Bros 150 é uma marca registrada no mercado brasileiro das motos mais altas. Ela pode ser considerada uma moto com a robustez de uma CG. Apesar do seu visual bastante ultrapassado, baseado em motos antigas como a XR 250 Tornado e a NX Falcon, sua suspensão com curso longo são um grande atrativo principalmente para aqueles que buscam conciliar seu uso urbano com atividades mais off-road.

 

Outro grande destaque é seu motor com bom desempenho, sendo o mesmo monocilíndrico, OHC, de 149 cm³ da CG 150 da época. Com ele, a Bros entrega 14 cv e 1,36 kgfm de potência e torque máximos.

 

Seus pontos positivos são a versatilidade, aliada à economia e o conforto tanto no asfalto quanto na terra. Porém, seu visual ultrapassado de 16 anos atrás, juntamente com sua alimentação ainda por carburador podem afastar os consumidores mais exigentes.

 

É um modelo ideal para quem quer uma moto versátil e ágil para entregas de delivery nas grandes cidades.

 

Honda CG 150 KS MIX 2009 – R$ 5.000,00

Honda CG 150 KS MIX 2009

 

A Honda CG 150 é uma moto famosa por ter sido a primeira motocicleta flex do mundo, podendo ser abastecida com etanol ou gasolina, em qualquer proporção.

 

Ela é uma moto robusta, versátil, confiável e com um facilidade absurda de encontrar peças de reposição. Como bônus, esta versão tem um grande tanque de 16 litros e injeção eletrônica, que garantem um consumo acima dos 40 km/litro.

 

Seus pontos positivos são, além dos citados acima, sua autonomia, podendo chegar a mais de 650 km com um tanque de combustível. Em contrapartida, seu design é desaprovado por parte do público motociclista, além dos freios ainda a tambor nas duas rodas.

 

É um modelo confiável para aqueles que buscam uma moto para a locomoção diária para o trabalho.

 

Yamaha Factor ED 125 2011 – R$ 4.990,00

Yamaha Factor ED 125 2011

 

Caso você esteja a procura de uma moto tão simples e confiável quanto a Honda CG, mas não abre mão do estilo, a Factor ED 125 pode ser um grande atrativo para você. Seu bom nível de acabamento e design inspirado na Fazer 250 são bons motivos para sua escolha.

 

Possuindo rodas de liga leve e um bom nível de acabamento, a Factor ED é movida pelo motor de 125 cm³ e 10,2 cv a 7.500 rpm. Confortável, ágil e esperta na cidade, também manda bem na economia, com médias de consumo na casa dos 40 km/litro.

 

Seus pontos positivos são o visual, seu bom nível de acabamento sua economia. Já seus pontos contra são o desempenho um pouco comprometido na rodovia e a alimentação de combustível ainda por carburador.

 

Kasinski Comet GT 250 2008 – R$ 5.000,00

Kasinski Comet GT 250 2008

 

Este é outro modelo que tem variações que trazem extremos aos preços. Tanto é possível encontrar modelos custando este valor, como outros anúncios que passam dos 10 mil reais!

 

A Kasinski Comet GT chegou ao mercado prometendo uma moto 250 com cara de Ducati. É bastante comum ver um modelo vindo nas ruas e interpretar como um modelo totalmente diferente, podendo pegar de surpresa os olhares mais desatentos.

 

Vários pontos podem ser destacados para o leitor optar pelo modelo esportivo da Kasinski, como sua suspensão dianteira invertida e seus pontos de chassi. Sua motorização também é um diferencial, contando com um V2 arrefecido a ar e óleo, entregando 28cv a 8500rpm. Testes mostram que o modelo pode chegar a velocidades perto dos 180km/h.

 

Seus pontos positivos são o desempenho, estabilidade, freio à disco nas duas rodas e um visual digno de motos esportivas italianas. Contudo sua dificuldade de encontrar peças de reposição criam uma desconfiança no modelo, juntamente com seu elevado custo de manutenção.

 

Yamaha YS Fazer 250 2006 – R$ 5.500,00

Yamaha YS Fazer 250 2006

 

Mesmo um pouco acima do teto dos R$ 5 mil, esta diferença no valor também pode ser justificada, como também citamos com a Pop 110i.

 

A Yamaha Fazer 250 é uma moto que revolucionou o segmento no Brasil ao adotar a injeção eletrônica de combustível. Ela foi a primeira moto de “baixa cilindrada” ao adotar o sistema de injeção, que hoje podemos ver em todas as motos do mercado.

 

Porém, seu motor é seu grande ponto forte. É curioso que mesmo nas motos 2021, vendida na casa dos 18 mil reais, é usado o propulsor monocilíndrico, arrefecido a ar e óleo, de 249 cm³ que entrega 21 cv e 2,1 kgfm. Ou seja, mesmo 15 anos depois do modelo indicado no artigo, a Fazer 250 2006 ainda contém itens tecnológicos usados hoje em dia por sua irmã zero km.

 

Os pontos positivos que agradam o consumidor e pode ser levado em conta na hora da compra, além dos já citados, são o consumo acima dos 30 km/litro! Um grande atrativo aliado ao baixo índice de manutenção relatada pelos clientes do modelo, além da facilidade de encontrar peças de reposição.

 

Seus pontos negativos são o alto consumo quando usada em altas rotações, seu visual ainda com painel analógico e suas rodas de raios curvos. Além da enorme variação de preço no mercado, dificultando a avaliação de um bom modelo a ser comprado.

 

Afinal, qual escolher?

 

Se você procura um meio de locomoção econômico, de alta confiabilidade e garantia de manutenção do preço de mercado, a Pop 110i 2016 é uma boa opção, visto que seu valor ainda continua bem acessível para um modelo de apenas cinco anos de uso.

 

Caso você procure um modelo mais esportivo e não se importa de ter na garagem um modelo com mais anos de uso, recomendamos a Ys Fazer 2006, pois, mesmo com 10 anos de diferença da Pop 110i recomendada, o modelo da Yamaha pode te trazer boas emoções com sua motorização 250cc e ótima disposição para uso na cidade e na estrada.

 

Já para os entregadores de delivery, a Bros 150  é uma das mais usadas por motoboys principalmente em entregas por aplicativo, devido à agilidade e confiabilidade para uso no trânsito das grandes cidades.

 

Lembrando que, devido à variação de preços e alta de alguns modelos, o ideal é pesquisar bem as opções à venda no mercado de usados. Dependendo da região do país pode haver uma variação significativa entre os preços de mercado e da tabela Fipe.

 

Gostou da avaliação exclusiva da RK Motors?  Então fique ligado nas análises e matérias semanais do nosso portal e nos acompanhe nas redes sociais!

 

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:

• Canal do Youtube – Clique aqui!
• Instagram – instagram.com/rkmotors.com.br
• Facebook – facebook.com/rkmotors.com.br
• Canal do Telegram – Clique aqui!

 




LEIA MAIS: