Rk Motors
0
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
Descubra quais são as vantagens e quais são as desvantagens da instalação do kit GNV em um carro. E saiba como proceder para isso!

Os prós e contras de instalar o GNV em seu carro

Publicado em 11/08/2021, por RK Motors

Descubra quais são as vantagens e quais são as desvantagens da instalação do kit GNV em um carro. E saiba como proceder para isso!

 

instalação de gnv - rk motors

 

Tem gastado muito com gasolina e álcool e está pensando se há alguma outra opção para o seu carro? Alguma que seja mais econômica e que lhe permita rodar pela cidade?

 

Então, pode ser que o famoso GNV seja uma solução para você. Por acaso, já reparou na presença de cilindros nos porta-malas de carros como táxis? Pois bem, nós estamos falando deles mesmos!

 

Ao longo deste artigo, vamos investigar se instalar o kit GNV é realmente uma boa opção. Você vai conhecer as vantagens e as desvantagens desse procedimento, assim como descobrir qual é o passo a passo para isso.

 

E aí, vamos lá?!

 

Vale a pena instalar o GNV?

 

Muitos motoristas cogitam instalar o Gás Natural Veicular (GNV), visando economizar combustível. A instalação, que custa em média R$ 3.000 no Brasil, deve ser bem planejada e traz alguns benefícios, como também alguns malefícios.

 

É sobre eles que vamos falar neste momento! Coloque tudo na balança e, então, decida se vale ou não a pena investir na instalação do GNV em seu veículo.

 

Vantagens

 

Podemos citar, por exemplo, dois grandes pontos positivos que a instalação do GNV pode trazer a você. O primeiro deles, como você já espera, é a economia: de fato, o GNV vai impactar positivamente em seu bolso.

 

Enquanto o preço da gasolina varia bastante, o GNV possui uma certa estabilidade que dá mais segurança aos motoristas. Se já não basta, a gasolina custa cerca de três vezes mais do que o GNV, além do fato de que um metro cúbico de gás permite ao condutor circular por até 14 quilômetros em uma cidade.

 

Ou seja, estamos falando de uma alternativa que se torna viável, principalmente, para quem roda bastante com o seu carro, caso de motoristas de táxi e de aplicativos, como a Uber e o 99 Pop. O custo de instalação, então, acaba sendo compensado com o tempo, com as economias que você vai adquirindo.

 

Acha que acabou? Pois não mesmo!

 

Além disso, veículos que contam com GNV possuem um desconto de 70% no valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). E o motivo para isso você vai descobrir agora!

 

O GNV é uma opção mais ecológica para o seu carro. Estamos falando de uma alternativa menos poluente do que a gasolina, assunto cada vez mais em voga, tendo em vista as mudanças climáticas.

 

Pensemos, por exemplo, nos carros elétricos e híbridos. Eles, aos poucos, avançam no mercado, mas ainda são uma realidade distante da maior parte dos brasileiros, devido ao alto preço.

 

O GNV, por outro lado, custa mais barato e já pode ser instalado em carros leves há 25 anos, já estando em sua sexta geração. Não por acaso, há muitas oficinas independentes que trabalham com ele.

 

Ou seja, trazemos a você dois bons motivos que podem te levar à instalação do GNV em seu carro: economia e menos poluição. Duas vantagens que, aliás, tendem a ser procuradas no mercado, já que a economia anda em crise e precisamos, a todo instante, procurar alternativas mais ecológicas.

 

Desvantagens

 

Não vá achando, no entanto, que só de rosas vive o motorista de um carro que conta com o GNV. Infelizmente, ele também traz algumas desvantagens ao veículo.

 

A primeira delas é a perda de espaço interno no carro. O kit GNV modifica o veículo e ocupa uma parte considerável do porta-malas, já que não se pode instalá-lo na parte inferior, salvo exceções.

 

Quem precisa viajar bastante ou usa com frequência o porta-malas, então, pode acabar encontrando um problema com a sua instalação. Além disso, o GNV acaba retirando um pouco da potência do veículo.

 

Em geral, essa perda é de aproximadamente 20%, uma notícia ruim para quem gosta de velocidade ou para quem costuma pegar rodovias.  Por isso, aliás, indica-se o uso do Variador de Avanço específico para o modelo do carro.

 

Isso porque a queima do gás natural ocorre de um modo mais devagar do que outros combustíveis, como a gasolina. Assim, então, o tempo e ignição acaba precisando de uma configuração para que possa trabalhar conforme o GNV.

 

Do mesmo modo, não se esqueça de que anualmente, é preciso realizar as inspeções de segurança veicular para manter o selo Selo Gás Natural Veicular, do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Se acaso isso não ocorrer, o motorista pode receber multa, assim como pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

 

O que fazer para instalar o GNV?

 

Você sabe quais são os procedimentos que antecedem a instalação no GNV? Pois bem, você vai conhecê-los agora! Em primeiro lugar, deve-se obter a autorização prévia do Detran para a instalação.

 

Logo depois, então, você deve ir a uma empresa autorizada para realizar esse procedimento. Em seguida, já com o GNV no porta-malas, é preciso levá-lo à inspeção em órgão credenciado, por custo do motorista.

 

Depois, é o momento de alterar o DUT (Documento Único de Transferência) para o GNV, mais uma vez no Detran, tendo em vista que está modificando o seu veículo. E, por fim, chegou o momento de informar a seguradora do seu veículo para instalação do kit GNV.

 

Como você pode ver, o procedimento exige algumas idas e vindas, mas é algo que se pode resolver em pouco tempo. Se acaso a instalação vale a pena para você, com toda certeza você vai ficar satisfeito com os benefícios que o GNV oferece a um carro!

 

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:

• Canal do Youtube – Clique aqui!
• Instagram – instagram.com/rkmotors.com.br
• Facebook – facebook.com/rkmotors.com.br
• Canal do Telegram – Clique aqui!

 




LEIA MAIS: