Rk Motors
0
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
O sistema permite facilitar a localização do veículo roubado a partir de um raio de 100 km da ocorrência.

SINAL: O sistema de alerta instantâneo de roubos da PRF

Publicado em 04/06/2021, por RK Motors

O sistema permite facilitar a localização do veículo roubado a partir de um raio de 100 km da ocorrência.

sistema sinal Policia rodoviaria federal PRF rk motors

Nem durante a pandemia, os índices de roubo e furto de veículos diminuíram. Só no Estado de São Paulo, segundo informações da Secretaria Estadual de Segurança, 97.500 carros foram roubados ou furtados. Ter um carro roubado (com o uso da violência) ou furtado, é um grande incômodo principalmente pelo estresse que provoca durante o ato. Mesmo que se trate de um furto, imagine se dirigir ao seu veículo e descobrir que o mesmo não se encontra mais onde estava?

 

“Certa vez foi o tempo de eu parar o meu carro no acostamento, para verificar uma ligação. Os marginais pilotavam uma Kombi branca escolar. Tudo para não levantar suspeitas. Eles passaram pelo meu carro, pararam logo na frente, e até aí a gente não percebe que pode ser algo perigoso, porque quem é que vai desconfiar de uma kombi escolar? Foi quando um deles, armado, veio em direção ao meu carro e pediu para que eu abaixasse o vidro. Quando baixei, ele me rendeu. Felizmente, graças ao Sinal, que foi muito rápido, meu carro foi encontrado apenas alguns quilômetros mais à frente e os criminosos rendidos”, concluiu André Luiz, gerente de projetos de TI, que foi abordado durante uma de suas viagens ao interior de São Paulo.

 

Felizmente, quando não há qualquer ato de violência que pese sobre o estado físico ou emocional da vítima, há de se erguer as mãos para o céu e agradecer. Mas vejam só: agradecer por ter sido roubado e não ter perdido a vida ou ter se ferido de forma grave! Isso também não é justo.

 

“Certa vez pensei que fosse morrer. Os marginais estavam com uma picape e praticamente jogaram o carro em cima de mim, para simular um “desconforto” dentro do carro, de forma que eu tive que ir para o acostamento. Buzinei, e quando sai do carro eles me renderam e me levaram junto com eles, até um determinado trecho em uma cidade vizinha, perto de Atibaia-SP. No carro gritavam muito comigo, me batiam e diziam que a minha vida tinha chegado ao fim e que era para eu ir rezar e me despedir. Chegando na cidade, me pediram que eu descesse do carro. E felizmente eu sobrevivi. Mais tarde recuperaram o veículo, mas eu não o quis mais e vendi pouco tempo depois”, afirmou Marcos Coelho, jornalista e escritor que foi abordado em julho de 2019.

 

O SINAL que caiu do céu!

 

Neste sentido, visando uma possível recuperação do veículo que foi levado pelos bandidos, está em atividade desde 2017, um novo sistema de monitoramento que tem agido para o bem de milhares de motoristas que transitam por todo o Brasil com medo de terem o seu “surrupiado”.

 

Trata-se do SINAL - Sistema Nacional de Alarmes, e que consiste numa espécie de aviso simultâneo digital, por meio do site da PRF ou através do telefone 191. E tem ajudado a fazer a diferença.

 

Em 2017, mesmo ano em que foi lançado, o SINAL foi o responsável pela recuperação de 54% de mais de 460 mil veículos furtados ou roubados no Brasil. Estes dados pertencem a um balanço do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), realizado na época em que o SINAL foi implantado.

 

É um anjo da guarda para meliante algum botar defeito. E claro, ficar intimidado, principalmente, se pensar em agir em certos pontos da estrada.

 

sistema sinal Policia rodoviaria federal PRF rk motors

 

O SINAL funciona mesmo?

 

Para se ter uma ideia do quanto o SINAL tem ajudado aos motoristas, o índice de roubo de caminhões no Brasil, em agosto de 2020, apresentou uma queda de 27,1%. No mês foram roubados ou furtados 59 caminhões - conforme dados da Polícia Rodoviária Federal, ante 81 do mesmo mês em 2019. Se comparado o primeiro semestre de 2020, com os seis primeiros meses de 2019, foram 536 ocorrências contra 577 registradas no ano anterior. Uma queda de 7,1% na taxa de roubo ou furto de veículos pesados nas estradas brasileiras. Tudo graças a essa nova tecnologia.

 

A estimativa é de recuo entre 17% e 19% no total de ocorrências em 2020, em comparação com o ano anterior.

 

Segundo o Coronel Paulo Roberto de Souza, do SETCESP - Sindicato das Empresas de Transporte de São Paulo, o país já tem reduzido bastante o índice de roubos graças ao surgimento de tecnologias como o SINAL: “O Brasil é um dos países campeões em roubo de carga. Mas novas tecnologias vêm surgindo e colaborando para reduzir os prejuízos. Assim, em todo o Brasil é perceptível a melhoria do trabalho da polícia”,

 

Como funciona o SINAL?

 

Tão logo o motorista entrega o seu veículo para os marginais - nunca tente enfrentá-los, pois não compensa o risco de perder a própria vida, ele pode acessar a internet e preencher os dados do roubo no site da PRF.  Caso o motorista não conte com o acesso a internet no momento do crime, ele poderá fornecer as mesmas informações como dados do veículo, localização do roubo ou furto e etc, através do telefone 191.

 

Feito esse procedimento, o sistema emitirá imediatamente um alerta por meio de mensagem a todos os agentes da Polícia Rodoviária Federal, que se encontrarem em um raio de 100 quilômetros da ocorrência.

 

Quais informações são necessárias para o SINAL?

 

O motorista que tiver o seu veículo roubado ou furtado, deverá fornecer ao sistema da Polícia Rodoviária Federal, as seguintes informações:

 

  • Placa ou Chassi do veículo;
  • Cor;
  • Marca e modelo do veículo;
  • Nome;
  • Documento;
  • E-mail;
  • Telefone;
  • Endereço do notificante
  • Dados da Ocorrência.

 

Também é preciso registrar o Boletim de Ocorrência. Alguns motoristas pensam que reportando o roubo ou furto ao SINAL não há necessidade de registrar o Boletim. Quanto antes o SINAL for alertado e o Boletim de Ocorrência for feito, maiores são as chances de recuperação do veículo.

 

Com a ajuda do Sinal: o sistema de alerta instantâneo de roubos da PRF, erguer as mãos para o céu ganhou um motivo a mais e melhor.

 




LEIA MAIS: