Rk Motors
0
0
0
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
RK Motors - Tudo para seu carro, moto ou caminhão. O seu guia automotivo!
Semana Nacional de Trânsito reforça a atenção das autoridades brasileiras, para que voltem os olhos com profundidade a esse tema que envolve muitas perdas: a violência no trânsito

Trânsito brasileiro é um dos que mais mata no mundo

Publicado em 22/09/2021, por RK Motors

Semana Nacional de Trânsito reforça a atenção das autoridades brasileiras, para que voltem os olhos com profundidade a esse tema que envolve muitas perdas: a violência no trânsito

 

Semana Nacional do Trânsito 2021 - rk motors

 

Com a Semana Nacional de Trânsito de 2021- Respeito e Responsabilidade. Pratique no Trânsito – em andamento, torna-se necessário que as autoridades brasileiras voltem os olhos em profundidade com o tema que envolve muitas perdas: a violência no trânsito. E com isso o que deveriam fazer é um balanço do pacto assinado em 2009, com a Organizações das Nações Unidas (ONU) em que o Brasil se comprometeu a fazer parte da Década de Ações para a Segurança no Trânsito, entre 2011 e 2020.

 

A meta do acordo era reduzir pela metade o número mundial de mortes e lesões no trânsito. Naquela época o Brasil estava em quinto lugar entre os países mais violentos no trânsito, ou seja, com cerca de 35 mil vidas perdidas por acidentes na estradas e vias urbanas.

 

O documento da ONU foi realizado a partir de um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) que evidenciou que, só no ano de 2009, foram registradas cerca de 1,3 milhão de mortes e 50 milhões de pessoas feridas vítimas de acidente de trânsito em 178 países.

 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as taxas de mortalidade por 100 mil habitantes por acidentes de trânsito de 2010 e 2019 foram, respectivamente, 22 e 15,2 nesses anos. Dados preliminares do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) não mostram redução expressiva no número global de mortes em 2020.

 

O diretor executivo da Federação Nacional da Inspeção Veicular (FENIVE), Daniel Bassoli, destaca que não houve a diminuição desejada da estatística durante a pandemia de Covid-19, apesar da redução abrupta da circulação de pessoas devido ao isolamento social em 2020, pois não houve diminuição significativa no número de acidentes com motos.

 

Relatórios de mobilidade da Google mostraram uma redução entre 60% e 80% dos deslocamentos em março de 2020 em relação ao início do mesmo ano. Mas o total de sinistros com motos diminuiu somente 7%. “Infelizmente, é um problema que já foi banalizado. Talvez pela falta de maior publicidade, não sensibiliza a população”, ressalta.

 

Uma nova chance será buscada com a nova década de ação para redução de acidentes de trânsito, entre 2021 e 2030, com a implantação do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS).

 

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:

• Canal do Youtube – Clique aqui!
• Instagram – instagram.com/rkmotors.com.br
• Facebook – facebook.com/rkmotors.com.br
• Canal do Telegram – Clique aqui!

 




LEIA MAIS: